Nos dias 9 e 11 de dezembro, o TRT da 2ª Região realizou os últimos leilões de 2014. No último ano, foram 38 hastas públicas unificadas, com arrecadação de R$ 320.058.339,20 (trezentos e vinte milhões, cinquenta e oito mil, trezentos e trinta e nove reais e vinte centavos). Dos 4.391 lotes apregoados em 2014, 2.425 foram arrematados (55,23%).

No dia 2 de outubro, a arrecadação foi recorde: R$ 23.975.750,10 (vinte e três milhões, novecentos e setenta e cinco mil, setecentos e cinquenta reais e dez centavos). Esse é o maior valor arrecadado em um único leilão, desde que as hastas públicas do TRT-2 passaram a ser unificadas, em 2007. Desde então, foram realizados 328 leilões, com arrecadação de R$ 2.018.836.752,80 (dois trilhões, dezoito milhões, oitocentos e trinta e seis mil, setecentos e cinquenta e dois reais e oitenta centavos).

De acordo com o juiz Flávio Bretas, do Juízo Auxiliar em Execução, a realização de hastas unificadas, com bens encaminhados por todas as varas trabalhistas da 2ª Região, atrai um número muito maior de interessados, porque eles têm mais opções de móveis e imóveis para adquirir, concentradas em uma única ocasião. “A disputa é maior e fica mais difícil haver acordos prévios entre os interessados para a apresentação de lances, o que faz com que os valores de arrematação acabem sendo maiores. Isso é bom para credores e devedores”, avalia o magistrado.

Todo o valor arrecadado nos leilões é utilizado para o pagamento de credores trabalhistas, em ações que já estão na fase de execução. E o montante do valor pago aos reclamantes, por meio de execuções e acordos, só vem aumentando nos últimos anos.

De 2009 a 2013, esses valores cresceram 116%. Em 2009, os pagamentos totalizaram R$ 1.900.069.890,36. Em 2013, chegaram a R$ 4.096.270.738,51. Já em 2014, até o mês de outubro foram pagos R$ 3.111.279.409,95.

Para 2015, está programada a realização de 42 hastas públicas unificadas, entre 13 de janeiro e 17 de dezembro. Todas as datas, informações sobre os bens que serão leiloados e orientações para o cadastro de interessados em participar dos leilões podem ser encontradas no site do TRT-2. Na página inicial, na aba Transparência, basta clicar em Leilões Judiciais.

Fonte: TRT

Deixe um recado